? ºC Teresina - PI

Social

02/07/2017 09:51

Muita animação e apresentações culturais marcaram o Arraiá do Educandário Santa Helena

Um dos eventos mais esperados pelos nordestinos, são as festas juninas, que animam todo o mês de junho com muita música caipira, quadrilhas, bebidas e comidas típicas. O educandário Santa Helena mantendo a tradição, realizou mais uma vez com muita animação e alegria, o seu arraiá.

Foram muitas apresentações culturais como danças típicas, quadrilhas e peças teatrais que retratam a vida do nordestino, que como diria o escritor Euclides da Cunha em Os Sertões, “O sertanejo é antes de tudo um forte”.

Em seguida um pouco do que aconteceu no Arraiá do ESH:

A primeira tração da noite foi a Dança do coco do sertão, um ritmo típico do Nordeste do Brasil com influência africana e indígena. Depois foi a vez das quadrilhas Caipiras Mirins, Alegrando o São João e Matutinhos do Sertão.

Em seguida veio a peça Asa Branca em homenagem a música de Luiz Gonzaga que é considerada o hino do Nordeste e que completa 70 anos de sua composição. A melodia retrata fielmente a vida do sertanejo que vivencia a seca e decide sair do Sertão em busca de melhoria de vida. A peça foi brilhantemente interpretada pelos alunos do 7°Ano que também encerm o Casamento Caipira. Logo depois foi a vez de um verdadeiro show da quadrilha A Flor do Sertão.

Em homenagem ao escritor piauiense, Pedro Costa, foi encenada a peça O Menino, o Padre e a Porca. Pedro Costa era natural de Alto Longá, foi diretor da Fundação Nordestina de Cordel, pertenceu a Academia Nordestina de Cordel, criou e realizou sete Festivais de Violeiros do Piauí. Essa também é uma singela homenagem do ESH.

Para finalizar a noite a quadrilha mais esperada, Fole Fole do Marvão, fez uma paresentação impecável e com muita disposição e alegria contagiante. No final houve uma apresentação da dança xaxado que é dança também típica da região e com origem ligada diretamente ao cangaço.

Esse evento além de manter viva a tradição da festa junina na comunidade escolar, também serve de interação entre a escola e a família, além da diversão e entretenimento, pontuou Neide Vieira, coordenadora pedagógica. A organização do Arraiá do ESH é toda feita pelos professores, coordenação pedagógica, funcionários e direção da escola.

 

Texto: Augusto Júnior Vasconcelos.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo