? ºC Teresina - PI

LFG

21/09/2013 17:27

Brasil e EUA: riqueza, miséria e violência (tudo junto e misturado)

Dos doze países com melhor IDH do mundo (países mais civilizados em termos de educação, bem-estar etc.: Noruega, Austrália, EUA, Holanda, Alemanha, Nova Zelândia, Irlanda, Suécia, Suíça, Japão, Canadá e Coréia do Sul), o grandioso, pujante e extraordinário Estados Unidos são o país mais violento (4,8 homicídios para cada 100 mil habitantes; contra menos de um em relação aos demais países citados).

Coincidentemente, ou não, é o que conta com a maior pobreza dentre eles (números de 2012 apontam 46,5 milhões de americanos pobres; isso significa 15% do total). São considerados abaixo da linha de pobreza famílias de quatro membros que vivem com renda anual inferior a US$ 23.492 (Estadão 18/9/13, p. B9).

Não existe relação direta entre miséria e violência, mas é absolutamente certo que todos os países mais ricos, mais educados e mais iguais (mais iguais!) possuem baixíssimo índice de homicídios. Relação direta não existe, mas algum tipo de relação parece inegável.

A posição do Brasil no IDH é a 85ª e somos o 18º país mais violento do mundo (27,1 mortes para cada 100 habitantes). Economia forte (7ª do mundo), IDH horroroso e violência explosiva. No que deveríamos estar prestando atenção: na desigualdade. Ela parece ser o centro dos desequilíbrios. Apesar dela, continuamos otimistas: “Ama com fé e orgulho a terra em que nasceste. Criança! Jamais verás país nenhum como este” (Olavo Bilac). Será que Olavo Bilac escreveria isso hoje? Se você concluir que não, que pena!

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo