? ºC Teresina - PI

LFG

23/09/2013 17:35

Judiciário e juridiquês incompreensíveis

79% dos paulistanos pesquisados pelo Datafolha (Folha 18/9/13, p. A4) pensavam (se é que a pesquisa estava certa!) que os condenados do mensalão deveriam ser presos imediatamente; 37% dos mesmos pesquisados eram a favor dos embargos infringentes, ou seja, da reabertura do julgamento para alguns condenados. A conta não fecha! Quase 80% queria a prisão e quase 40% admitia o direito ao segundo julgamento. Grande parte do povo até hoje não entende bem o funcionamento do Judiciário (em grande parte a mídia é a responsável, porque conta muita mentira). A contradição das respostas é patente! Mas se nem os Ministros do Supremo se entendem (a questão dos embargos chegou a ficar 5 a 5), imagine a população (majoritariamente analfabeta funcional)!

Outra coisa: a maior parte dos paulistanos (41% 29%) considera ruim ou péssimo ou somente regular o desempenho do STF no mensalão (quanta falta faz a comunicação adequada entre os tribunais e o povo). Os imbróglios jurídicos são inacessíveis à população brasileira, em geral. Só metade dos entrevistados sabia que o caso podia ser reaberto para 12 réus. Resta o consolo de que tomos somos ignorantes: “Todo mundo é ignorante, só que em assuntos diferentes” (Will Rogers, americano, humorista).

Professor anderson logo png
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo