O apresentador de TV e amigo de Mariano, Ítalo Mota, afirmou que o jornalista estava na festa quando um homem tentou assaltá-lo e antes que ele esboçasse qualquer reação, o esfaqueou nos dois braços. Segundo ele, no braço esquerdo a facada atingiu uma artéria que provocou grande derramamento de sangue no local, o que fez Mariano cambalear e sua pressão baixar.

“O médico disse que Mariano teve sorte em sobreviver, porque perdeu muito sangue”, declarou Ítalo Mota. Ainda segundo ele, por sorte Mariano foi socorrido na própria festa por uma enfermeira da Unimed que amarrou o braço do apresentador utilizando uma camisa para estancar o sangue e o encaminhou imediatamente para o hospital HTI, no bairro Piçarra, na zona Sul de Teresina.

Ítalo Mota disse que o estado de Mariano é grave e está esperando a chegada de um cirurgião no HTI para fazer uma cirurgia. Ele foi colocado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) inconsciente e respirando através de uma máscara de oxigênio. “Após a cirurgia, Mariano continuará na UTI do hospital”, falou Ítalo. 

De acordo com ele, o homem que tentou matar o apresentador estava sozinho no momento do crime.