? ºC Teresina - PI

Eleições 2010

23/08/2010 11:20

Sílvio critica uso político da segurança pública no Piauí

O candidato ao Governo do Piauí, Sílvio Mendes (PSDB), criticou o uso político da segurança pública no Estado, conforme vem ocorrendo desde o início do governo petista. Sílvio, ex-prefeito de Teresina, não concorda com a nomeação de delegados por meio de portarias que atendem somente à interesses políticos. E garante que, eleito governador, fará concursos públicos para delegados.

“Temos que Acabar com a nomeação de delegados por portaria atendendo à questão política. No nosso governo isso não vai acontecer. Vamos fazer concurso e obrigatoriamente tem que ser advogado, como manda a lei, e sem ligação política com quem quer que seja”, assegura Sílvio Mendes que encabeça a coligação “A Força do Povo”.

Desde a Constituição de 1988 o cargo de delegado só pode ser ocupado por bacharel em direito concursado. No Piauí, em 80% dos municípios, os inquéritos são comandados por militares com portarias de delegados de polícia. O aval para o trabalho militar como polícia judiciária é dado pela própria Secretaria de Segurança Pública do Estado, que faz as nomeações alegando falta de delegados concursados.

“As nomeações contrariam a lei e configuram ato de improbidade administrativa. O Governo tem a obrigação de realizar concurso público, conforme a lei. Para isso, é necessário planejamento para garantir o aporte de recursos necessários para a realização de concursos e contribuindo, dessa forma, com a segurança pública do Estado”, frisou o candidato do PSDB.

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo