? ºC Teresina - PI

CDP Car

09/05/2010 08:50

Novo Fiat Uno Modelo hatch será comercializado a partir de R$ 25,55 mil

Muito se especulou sobre o Novo Fiat Uno. Muitos cravaram que o novo Fiat Uno estaria na mesma plataforma do europeu Fiat Panda. Já outros afirmaram que, o urbaninho recém-chegado usaria a mesma estrutura do Fiat Palio. Do velho Uno, então, nada restou. A única coisa que ficou mesmo foi o nome.

Em um comparativo rápido entre Mille, Panda e Uno, pode-se notar que o recém-lançado é maior que todos em comprimento e largura. Já quando o assunto é bagageiro, quem assume a liderança é o Mille original, 290l contra 280l. Ao comparar os entre-eixos, dá para notar que o novo Uno nacional, realmente, está longe de ser parecido com o Panda. O modelo europeu é menor em: porta-malas, tanque de combustível (capacidade de 35 l) e entre-eixos. Outro “arranque” do modelo nacional diante do Panda está no número de cavalos do motor. O quatro-cilindros do Panda desenvolve 55 cv de potência, enquanto o nosso marca, agora, 75 cv.

Sopa de equipamentos Fiat

A Fiat se vangloria de que o novo automóvel oferece a possibilidade de inúmeras personalizações. Além das quatro versões de acabamento, o carrinho terá, segundo a marca, mais de 10 milhões de tipos de combinações. Os acessórios são infinitos, vão de um simples adesivo a uma despojada ponteira de escapamento.

Se o menu é vasto no mundo da personalização, no interior a novidade não é tão grande assim. Algumas peças aplicadas no Uno são idênticas às aplicadas em outros modelos. No teto, por exemplo, há o mesmo retrovisor interno do Idea, aquele feito para espiar as crianças bagunçando no banco traseiro junto do porta-óculos.Outra pista da otimização de custos, natural nos modelos atuais, são as entradas de ar, elas são da mesma “linhagem” do Doblò. Quem também entrega o DNA da Fiat são os comandos do computador de bordo, eles são provenientes do Palio e do Stilo.

Plataforma Giugiaro

Assim como o Uno velho, o novo também leva a assinatura Giorgetto Giugiaro. Mas a principal diferença entre os 26 anos de estrada está na plataforma. Tanto é que o novo Uno utiliza a mesma plataforma do Fiat Palio (com alguns ajustes). O ganho real nesta troca de “salto” ficou por conta do espaço interno.

Novo Fiat Uno

“Um. Único. Singular. Individual. Assim o dicionário define a palavra Uno”. E é assim que a Fiat abriu o release de lançamento do seu novo carro. Por isso ele recebe o mesmo nome do consagrado hatchback. E apesar de herdar o nome do seu antecessor, ele não chega ao mercado para aposentar de vez o Mille.

Cada um no seu quadrado

Um bom argumento para o retorno dos moldes retangulares do Uno é o da evolução do quadrado. Segundo o release de apresentação da Fiat, o resultado do Uno é um conceito absolutamente original, bem-humoradamente denominado “Round Square”, ou quadrado arredondado, que norteou todo o desenvolvimento do novo carro. O fabricante ainda acrescenta: Os quadrados arredondados se fazem notar, primeiramente, na surpreendente dianteira do novo Fiat Uno.

Versões e preços

O novo Fiat Uno chega ao mercado em quatro versões, primeiramente todas com quatro portas (as versões duas portas chegam nos próximos meses). São elas:

Vivace 1.0 Flex – 73 cv (gasolina) – 75 cv (álcool) – R$ 25,55 mil (duas portas)- R$ 27,35 mil (quatro portas).
Way 1.0 Flex - 73 cv (gasolina) – 75 cv (álcool) - R$ 26,69 mil (duas portas)- R$ 28,49 mil (quatro portas).
Way 1.4 Flex - 85 cv (gasolina) - 88 cv (álcool) - R$ 30 mil (duas portas)- R$ 31,87 mil (quatro portas).
Attractive 1.4 Flex - 85 cv (gasolina) - 88 cv (álcool) – R$ 29,28 mil (duas portas) - R$ 31,08 mil (quatro portas).

O cliente do novo Uno terá 14 cores para escolher, entre lisas e metalizadas. Três delas são novas: Amarelo Citrus (caneta marca-texto) e Azul Splash (quase calcinha), exclusivas para as versões Vivace e Attractive, enquanto o Verde Box (caneta marca-texto) se destina somente às versões Way.

Professor anderson logo png
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo