? ºC Teresina - PI

Blog do Professor

17/09/2017 18:15

Grupo político comandado pelo ex-prefeito Zé Maia sai derrotado em eleição do sindicato

A eleição para a nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Castelo do Piauí não teve apenas o aspecto da disputa sindical, serviu também para dar uma visão de como está a política partidária nos dias atuais.

As duas candidaturas representavam cada um dos grupos políticos que devem disputar a eleição municipal daqui a três anos. De um lado Tomaz Almeida, vereador do PT e que contava com o apoio de lideranças sindicais e políticas ligadas ao prefeito Magno e o Secretário de Administração Edmilson Abreu. Do outro o lado o candidato Francisco Antônio, atual vice-presidente do sindicato que se rebelou contra o grupo que detém o poder na associação sindical, que contava com o apoio dos ex-prefeitos Zé Maia, Wilmar Cardoso e JR que assumiu por alguns meses com o afastamento do então prefeito Zé Maia.

O candidato derrotado Francisco Antônio e o ex-prefeito Zé Maia

Ex-prefeito JR foi um dos apoiadores do candidato Francisco Antônio

Francisco Antônio fazia parte do grupo que hoje está a frente do poder municipal em Castelo do Piauí, tendo sido eleito presidente do sindicato com apoio desse grupo e atualmente é o vice-presidente da instituição, mas em 2016 aderiu a candidatura de Marcello Maia, sobrinho do ex-prefeito Zé Maia e que foi derrotado pelo atual prefeito Magno.

Adesão de Francisco Antônio na eleição de 2016 foi muito comemorada pelo grupo derrotado

O resultado da disputa foi uma vitória tranquila de Tomaz Almeida com 69,20% dos votos válidos contra 30,80% do seu opositor.

É evidente que esse resultado não reflete diretamente na política partidária para a eleição municipal de 2020, mas de certo modo reflete a situação desconfortável da atual oposição que mostra dificuldade para lançar uma candidatura competitiva para o pleito municipal vindouro.

Outro teste que pode refletir a composição de forças para a disputa em 2020 será o resultado das eleições gerais de 2018. O grupo que hoje é oposição terá que mostrar um bom resultado e uma das grandes dificuldades é realizar a campanha longe das benesses de um governo municipal. Fora do poder tudo é mais difícil, sem falar que dentro do próprio grupo de oposição vários vereadores e outras lideranças apoiam candidatos diferentes do candidato que deverá ser apoiado por Zé Maia e Wilmar Cardoso.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo