? ºC Teresina - PI

Blog do Professor

03/02/2017 17:11

João Mádison disse que grande maioria do PMDB defende aliança com PT

O parlamentar afirmou em entrevista ao Jornal Agora que o PMDB deverá comandar duas secretarias, algumas diretorias e indicar o vice de Wellington Dias em 2018.

Um dos entrevistados do Jornal Agora dessa sexta-feira (03) foi o deputado estadual João Mádison (PMDB). O assunto foi a possibilidade de uma aliança no campo administrativo e político entre o PMDB e o PT no Piauí.

De acordo com Mádison, as conversas entre as lideranças do PMDB e o governador Wellington Dias estão muito avançadas para a formação dessa coligação.

“Realmente há uma conversa muito avançada do nosso presidente do PMDB, Marcelo Castro, do nosso presidente da Assembleia, Themistocles Filho, que são os dois interlocutores do PMDB conversando com o governador. Nesses últimos dias melhorou muito e essa conversa era para terminar hoje, mas houve a viagem do governador a São Paulo e está marcada outra conversa com o Themistocles para segunda-feira”, afirmou o parlamentar.

O deputado confirmou que durante a próxima semana, o seu partido e o governador chegarão a uma definição. Disse ainda que 90% dos integrantes do PMDB no Piauí defendem essa aliança.

"Nós acreditamos, que durante a semana que vem, nós estaremos dando uma resposta à sociedade para que não fique nesse 'puxa encolhe’. 90% do partido quer que se faça essa coligação com o PT, para que nós passamos estar fortes para as eleições de 2018”, afirmou.

João Mádison ainda afirmou que caso a aliança seja consolidada, o PMDB deve ficar com duas secretarias e algumas diretorias, mas, segundo ele, ainda não foi definida nenhuma pasta. Ainda faria parte do acordo, a indicação do PMDB do candidato a vice-governador na chapa de Wellington Dias em 2018.


Professor anderson logo png
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo